iodoterapia-tratamento-medicina_nuclear

COMO É FEITO O TRATAMENTO

Antes da administração da dose, é preciso um jejum de 2 horas, incluindo líquidos. É recomendado que o paciente compareça com carro próprio ou vá de taxi, já que ele não poderá deixar a clínica utilizando transporte público.
O iodo radioativo é incolor e não tem gosto. Ele é posto em um recipiente especial e o paciente o toma com um canudinho, de forma a evitar que ele coloque a mão no recipiente. Como a tireoide atrai para ela o iodo, ao atrair o iodo radioativo ela irá sofrer com a radiação, permitindo que células cancerígenas que tenham sobrado após a cirurgia sejam eliminadas. Dependendo da quantidade ingerida de iodo o paciente pode ou não ficar internado. Quando a dose é baixa ele volta para casa no mesmo dia, caso contrário, há necessidade de internação em um quarto especial.

  • Seguir a dieta que será passada por 2 semanas antes do tratamento;
  • Não ingerir sal iodado como: sal marinho, carnes com sal, salgadinhos, doces com gema de ovo, temperos com sal, presunto, queijo, requeijão, entre outras coisas;
  • Todos os medicamentos para tireoide serão suspensos 3 semanas antes do tratamento;
  • Cinco dias antes um exame de sangue para dosagem do TSH será realizado, de forma a verificar se o paciente está apto para a iodoterapia;
Atendimento Online Medicina Nuclear