COMO É FEITO O EXAME

Ao chegar à clínica, o paciente será atendido por uma de nossas recepcionistas para a confecção da ficha cadastral.
Em seguida, será encaminhado à sala de procedimentos e uma pequena quantidade do traçador será administrada por via oral.
O paciente será orientado a permanecer por mais 2 horas em jejum para que o traçador seja bem absorvido. Em seguida, o paciente será liberado e orientado a retornar à clínica, 48 horas após a administração da dose. O uso de laxantes será recomendado durante este período.
Ao retornar, o paciente será encaminhado à sala de exame e será posicionado na maca do aparelho, devendo permanecer deitado por aproximadamente 30 minutos para a obtenção das imagens do corpo inteiro.
Em alguns casos, quando o material não foi eliminado adequadamente, será solicitado que o paciente retorne em outro dia para imagens complementares, lembrando que isso não requer a administração adicional do traçador.
Esse exame pode ser realizado sob estímulo de TSH exógeno (Thyrogen) e, neste caso, não é necessária a suspensão do hormônio tireoidiano. Nossas atendentes orientarão sobre os dias corretos para a administração dessa medicação e as respectivas coletas de sangue necessárias.

 

Obs.:

  • Após a administração do iodo radioativo, deve-se evitar o contato com mulheres grávidas (1° trimestre de gestação) nas primeiras 24 horas.
  • Esse exame não é recomendado para pacientes grávidas ou em período de amamentação, sendo necessário descartar gravidez em qualquer eventual dúvida.
  • Jejum de 4 horas;
  • Medicamentos que devem ser suspensos por 21 dias: PuranT4, Levoid, Synthroid, Euthyrox;
  • Medicamentos que contenham como princípio ativo a amiodarona devem ser suspensos por, no mínimo, 90 dias. Nos casos de uso prolongado dessa medicação, o tempo de suspensão pode ser maior;
  • Medicamentos que deve ser suspenso por 15 dias: T3;
  • Os medicamentos devem ser suspensos somente sob orientação médica.
Atendimento Online Medicina Nuclear